A JBS

A JBS

Estratégia ESG

A utilização responsável dos recursos naturais é uma condição para a sustentabilidade da operação da JBS e faz parte da Cultura da empresa. O sucesso da companhia depende da promoção de uma alimentação que permita às pessoas viver em equilíbrio com o planeta.

Atender às necessidades alimentares e nutricionais da crescente população global de maneira sustentável é premissa que baseia não apenas a atuação, mas toda a estratégia de negócios.

Estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que a população global deve ultrapassar 10 bilhões de pessoas até 2050. Compartilhar entre tantos os limitados recursos naturais é um desafio que já começa a redefinir o comportamento humano e, como consequência, as escolhas alimentares. Por isso, a JBS trabalha para oferecer aos consumidores opções que atendam às suas necessidades nutricionais e expectativas éticas.

Isso exige olhar para além das operações da empresa. Do fornecimento de matéria-prima ao descarte das embalagens, monitoramos o impacto ao longo de toda a cadeia de valor. Por isso, foram estabelecidos como prioridade:

  • Reduzir o impacto ambiental da cadeia produtiva;
  • Garantir o bem-estar animal;
  • Proteger e contribuir para o desenvolvimento do nosso time;
  • E construir um legado para a sociedade, induzindo o desenvolvimento socioeconômico das comunidades em que estamos inseridos.

Como agentes de transformação, a JBS inova para transformar a gestão dos próprios resíduos em negócios rentáveis, aliando a adoção de boas práticas ambientais à geração de emprego e renda. Na Amazônia, a empresa apoia iniciativas de proteção da floresta que promovem o desenvolvimento sustentável da população local, por meio do Fundo JBS pela Amazônia.

Como parte do compromisso social, a JBS está atenta às necessidades dos consumidores e, também, inova constantemente para fornecer a eles um portfólio de produtos cada vez mais amplo. Pautada por inovações que atendem a requisitos de saudabilidade, aliando nutrição e sabor, a JBS tem na qualidade seu diferencial competitivo.

Ao atrelar um modelo propositivo de negócio a avanços tecnológicos constantes em processamento de proteínas animal e vegetal, a empresa se propõe a oferecer novas experiências em alimentação ao consumidor.

Ano a ano, a companhia fortalece seu core business com inovações tecnológicas, expansão de unidades fabris e aquisição de novos negócios, de modo a equilibrar a saúde financeira com a saúde das pessoas e do planeta.

O robusto e transparente sistema de governança construído garante a segurança de evoluir em conformidade com os mais elevados padrões internacionais. Com total apoio e engajamento da liderança, a JBS comanda um dos maiores programas de Compliance já vistos por uma empresa privada no Brasil, o “Faça Sempre o Certo”.

A meta de assumir a liderança do setor de alimentos exige investimentos consecutivos em produção, distribuição e comercialização, além da liderança, também, dos esforços mundiais em prol de um modelo de produção mais sustentável.

A companhia conduz a gestão de suas ações baseada em objetivos bem definidos, que são:

  • O desenvolvimento sustentável do setor de alimentos;
  • A conservação e recuperação de florestas;
  • O apoio às comunidades em que está presente;
  • A modernização do ambiente de negócios, alinhada com a sustentabilidade

Governança para a Sustentabilidade e ESG

A sustentabilidade é incorporada à estratégia corporativa por meio de uma estrutura de governança consolidada e integrada aos negócios.

Cabe ao Conselho de Administração fixar a orientação geral dos negócios da companhia, considerando a segurança das pessoas, o desenvolvimento social e o respeito ao meio ambiente.

O Conselho é assessorado pelo Comitê de Responsabilidade Socioambiental, que visa o cumprimento das atribuições legais com relação à sustentabilidade dos negócios da companhia. O presidente do Conselho de Administração da JBS é também presidente do Comitê de Responsabilidade Socioambiental.

Mais informações em: Regimento Interno do Comitê de Responsabilidade Socioambiental da JBS.

Para conduzir a gestão da sustentabilidade, a JBS estabeleceu líderes para o tema em cada um dos Negócios. As lideranças regionais se encarregam também de engajar as áreas de negócios em torno do compromisso com uma atuação sustentável e de disseminar essa mesma visão em toda a cadeia de valor, funcionando como uma interface de comunicação da empresa com seus stakeholders.

Liderança – Sustentabilidade e ESG

NOSSO TIME DE LÍDERES EM SUSTENTABILIDADE E ESG

Marcio Nappo

Diretor Corporativo de Sustentabilidade – Brasil

Cameron Bruett

Head of Corporate Affairs and CSO, JBS USA

Jessica Langley

Director of Sustainability, JBS USA & Pilgrim’s US

Matt Dight

Head of Sustainability, Pilgrim’s UK

Rob Meljer

Head of Business Development, Marketing and Sustainability, JBS Canada

Leon Felipe Moya Daumas

Institutional Affairs Manager, Pilgrim’s Mexico

Declan Cunningham

Head of Sustainability and Risk Management, Pilgrim’s Park

Sam Churchill

Group Manager Sustainability, JBS Australia

Liege Correia

Diretora de Pecuária Sustentável – Friboi

Kim Sena

Gerente de Couro Sustentável – JBS Couros

A JBS desenvolveu uma matriz de materialidade que prioriza os temas de sustentabilidade para a companhia e seus stakeholders. Esses temas foram revistos em 2019 por meio de consulta aos stakeholders internos e externos e agrupados em quatro novos pilares, que melhor representam os desafios globais da companhia.

Prioridades globais de sustentabilidade da JBS*

Para o processo de revisão da materialidade, foram realizadas entrevistas com as lideranças da empresa em todo mundo e clientes selecionados na Austrália, no Brasil, no Canadá, nos Estados Unidos e na Europa durante seis meses com base em processo de materialidade e estudos atualizados em 2019. Em função dessa metodologia, voltada para a formação de consenso, a materialidade da JBS não apresenta pesos ou priorizações entre os temas.

Assim, como resultado desse trabalho foi definido que a JBS tem como prioridade global atuar nos seguintes pilares:

  • Responsabilidade Social: nossa gente, saúde e segurança do trabalho e comunidade;
  • Bem-estar Animal: criação, transporte e produção;
  • Integridade do Produto: garantia de origem e relacionamento com fornecedores;
  • Gestão Ambiental: gestão de água e efluente, mudanças climáticas, energia e resíduos e embalagens;

Compromisso com a sustentabilidade global do negócio

A JBS investe de maneira robusta em ações socioambientais concretas há mais de dez anos. O objetivo é que, com essas estratégias, a companhia siga combatendo o aquecimento global e alimentando pessoas em todo o mundo de maneira saudável e preservando os recursos naturais do planeta. Para isso, a empresa assumiu compromissos globais

Compromisso JBS Net Zero 2040

Como uma das maiores empresas de alimentos do mundo e em respeito ao futuro das próximas gerações, a JBS anunciou o compromisso global de ser Net Zero até 2040.

A JBS vai zerar o balanço de suas emissões de gases causadores do efeito estufa, ou seja, reduzir a intensidade de suas emissões diretas e indiretas e compensar toda a emissão residual. Esse compromisso se estende aos escopos 1, 2 e 3 das emissões. O “Escopo 1” é relativo às emissões de direta responsabilidade da JBS. As emissões de “Escopo 2” são as indiretas e provenientes da geração de eletricidade para a Companhia. Já as de “Escopo 3” são as não pertencentes e não controladas pela organização, como emissões indiretas provenientes da cadeia de valor deparceiros agrícolas e fornecedores, que vão desde a produção da matéria-prima ao descarte das embalagens dos produtos.

Saiba mais sobre o compromisso em JBS Net Zero 2040.

Metas Globais JBS 2030

Com base nos quatro pilares globais estratégicos, a JBS definiu suas metas de Sustentabilidade e ESG, que são:

Além disso, também definiu as Políticas Globais de negócio para diversos temas:


Investir US$ 1 bilhão em projetos de redução de emissões das próprias instalações.

Zerar o balanço de emissões de gases causadores do efeito estufa até 2040.

Investir US$ 100 milhões em projetos de pesquisa e desenvolvimento para auxiliar os esforços de produtores para fortalecer e aumentar a escala de práticas de agricultura regenerativa, incluindo captura de carbono e tecnologias de mitigação de emissões na fazenda.

Eliminar o desmatamento ilegal de nossa cadeia de fornecimento de gado brasileiro – incluindo os fornecedores de nossos fornecedores – na Amazônia e outros biomas brasileiros até 2025 e avançar com a rastreabilidade para garantir cadeias de fornecimento livres de desmatamento em nosso negócio global.

Redução de 30% nas emissões de GEE dos escopos 1+2 por intensidade em relação a 2019.

Uso de 60% de energia elétrica renovável.

Redução de 15% no uso de água por intensidade em relação a 2019.


Pessoas

Redução de 30% na taxa de acidente em relação a media de 2019-2020.

Continuidade em fornecer oportunidades educacionais e de desenvolvimento para mudança de vida dos colaboradores e de suas famílias.

Continuidade em investir nas cidades em que atua, impulsionando o bem-estar dos colaboradores, família e comunidade.

Bem-estar animal e Qualidade do produto

Scorecard de bem-estar animal: desenvolver um scorecard global e estabelecer metas para 2030.

Scorecard de Segurança do alimento e Qualidade: desenvolver um scorecard global e estabelecer metas para 2030.


Ética

Compromisso de usar a Linha Ética, ferramenta de reporte abrangente e confidencial, para ajudar a administração e os colaboradores a trabalharem juntos para lidar com fraudes, abusos e outras condutas impróprias no local de trabalho, com foco no cultivo de um ambiente de trabalho positivo.

Compliance

Cumprimento com as obrigações legais e reguladoras da Companhia em todas as jurisdições em que faz negócios. Definimos e promovemos uma cultura para conduta ética nos negócios para a Companhia e seus colaboradores, e apoiamos a missão e os valores da empresa.


Políticas Globais JBS

  • Bem-estar Animal
  • Cadeia de fornecimento livre de desmatamento
  • Engajamento com a comunidade
  • Meio ambiente e Biodiversidade
  • Desperdício de alimento
  • Direitos Humanos
  • Embalagens e reciclagem
  • Segurança e saúde do colaborador
  • Compra responsável de matéria-prima
  • Uso da água
  • Diversidade e Inclusão

Veja as políticas na íntegra aqui.


Sustainability-Linked Bonds

Em 2021, a JBS realizou a emissão e a precificação no mercado internacional de US$ 1,0 bilhão em Sustainability-Linked Bond (SLB) atrelados ao compromisso de redução de emissões de gases de efeito estufa pela Companhia em 30% nos escopos 1 e 2 até 2030.

A estrutura do Sustainability-Linked Bond da JBS está em linha com a estratégia de sustentabilidade da Companhia, traçada pelo Compromisso Net Zero 2040, anunciado em 23 março de 2021.

As Notas Sêniores serão garantidas pela JBS, e a Companhia pretende utilizar os recursos para estender o prazo médio de dívidas, refinanciando compromissos de vencimentos mais curtos, além de cobrir outros propósitos corporativos gerais. A agência ISS ESG foi a SPO (opinião independente, Second Party Opinion) na operação financeira e a emissão conta com o Santander, Barclays, Bradesco BBI, BTG Pactual, Mizuho e XP no sindicato de instituições coordenadoras da emissão.

As agências de rating Moody’s e Fitch avaliaram a operação com os ratings Ba1 e BBB-, respectivamente.


Materialidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

A JBS realiza a gestão de sustentabilidade alinhada ao cenário mundial e aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU) como plataforma e referência para suas ações de sustentabilidade.

A ONU lançou no ano de 2015 a Agenda 2030, um plano de ação para tornar o planeta mais sustentável, em conjunto com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que representam 17 objetivos e 169 metas orientando os principais temas tratados pela agenda.

A JBS, embora não tenha aderido formalmente aos ODS, utiliza essa plataforma como referência. A companhia entende que seus temas estratégicos possuem forte ligação com alguns dos ODS. Em função dessa metodologia, voltada para a formação de consenso, a materialidade da JBS não apresenta pesos ou priorizações. Os temas têm grande importância na formulação da estratégia e na condução das ações da empresa.


VISÃO DE FUTURO

O propósito e a estratégia de negócios da companhia correspondemao mesmo desafio de toda humanidade: garantir alimentação de qualidade para os mais de 7,7 bilhões de habitantes do planeta.

Reforçam o cenário a perspectiva de um aumento de 70% do consumo de proteína animal, somada ao crescimento da população global, da riqueza e urbanização, assim como a mudança na tendência de dietas para alimentos à base de proteínas antes ausentes na alimentação de grande parte das pessoas.

Mesmo em um cenário de mudanças radicais causado pela pandemia da Covid-19, esse desafio permanece. Por isso, além das medidas para proteger os empregos e a saúde dos colaboradores e das comunidades, a JBS segue na construção de um modelo global, alicerçado em um profundo relacionamento com a cadeia de valor e com diversificação geográfica e de portfólio, focado em produtos de valor agregado.

Esse modelo global possibilita a captura de sinergias significativas e a melhora da performance operacional. Já a diversificação do portfólio proporciona crescimento e melhora da margem, além dos benefícios da integração das diversas cadeias que compõem o mix de produtos da empresa.

A estratégia de crescimento da companhia engloba, ainda, a busca por serviços e produtos de valor agregado, disciplina financeira e sustentabilidade das operações. Fazem parte da visão de futuro da JBS*:

VISÃO DE FUTURO

  • Desafio de garantir alimentação de qualidade para os mais de 7,7 bilhões de habitantes do planeta – que devem chegar a quase 10 bilhões em 2050, de acordo com projeções das Nações Unidas;
  • Perspectiva de aumento de 70% no consumo de proteína animal, somado ao aumento da população global, da riqueza e da urbanização;
  • Modelo de negócios global alicerçado em um profundo relacionamento com a cadeia de valor e na diversificação geográfica e de portfólio, com foco em produtos de valor agregado;
  • Melhora da performance operacional e diversificação do portfólio, que proporcionam crescimento e integração das diversas cadeias que compõem o mix de produtos da empresa;
  • Busca por serviços e produtos de valor agregado, pela disciplina financeira e pela sustentabilidade das operações;
  • Investimentos em treinamento, segurança e uma comunicação próxima para fortalecer e compartilhar a Cultura da JBS;
  • Redução da pegada ambiental, especialmente com relação ao uso da água e energia, emissão de gases de efeito estufa e geração de resíduos.