GOVERNANÇA

GOVERNANÇA

Avaliação e remuneração

O Comitê de Governança, Remuneração e Nomeação estabelece diretrizes para a remuneração dos administradores da companhia.

As presidências da JBS e de seu Conselho de Administração são exercidas por profissionais diferentes e a remuneração fixa mensal é baseada no desempenho de suas funções. Não há pagamento de benefícios diretos e indiretos ou participação nos resultados.

A remuneração das demais lideranças da companhia se baseia em indicadores de desempenho, a fim de incentivar o crescimento sustentável da organização, em médio e longo prazos, e a conquista de metas de curto prazo. Os valores são comparados periodicamente com os praticados pelo mercado, mediante pesquisas e alinhados aos interesses da JBS e de seus acionistas.

Política de Remuneração

A Política de Remuneração da JBS para seus administradores, incluindo os membros do Conselho de Administração, os diretores estatutários e não estatutários, está em linha com as melhores práticas de governança corporativa e visa atrair e reter os melhores profissionais do mercado.

A Política de Remuneração da JBS passa por aprovação interna, enquanto a Política de Remuneração Variável (bônus) tem como base o acordo com o sindicato.

Saiba mais – acesse o Regimento Interno do Comitê de Governança, Remuneração e Nomeação da JBS.

Gestão de Remuneração

Diretoria de Recursos Humanos:

A Diretoria de Recursos Humanos do negócio é responsável por garantir a aplicação da Política de Remuneração da companhia, bem como sinalizar eventuais necessidades de mudança para a área corporativa.

Gerência de Remuneração e Benefícios Corporativa:

A Gerência de Remuneração e Benefícios Corporativa é responsável por:

  1. Manter as estruturas salariais e de cargos atualizadas, mediante estudos, distribuí-las na companhia e aplicar suas regras;
  2. Avaliar continuamente a aderência de todas as regras e sugerir eventuais alterações;
  3. Disponibilizar ferramentas e sistemas compatíveis com a necessidade da companhia;
  4. Capacitar os envolvidos no processo

Demais gestores da JBS:

Cada gestor é responsável pela administração salarial de sua equipe, utilizando os critérios definidos pela Política de Remuneração da companhia.

Consultoria independente:

É utilizada a metodologia de remuneração do mercado (pesquisa salarial) a partir de análise realizada pelas principais consultorias especializadas e reconhecidas pelo mercado.

Avaliação de administradores

– Avaliação do Conselho de Administração: São realizadas avaliações e autoavaliações anuais dos órgãos de governança da JBS, de forma independente. Após sugestões e melhorias levantadas na Avaliação 2019, ficou decidido que, no decorrer de 2020, o Conselho de Administração teria reuniões com a participação de diretores de unidades de negócios da companhia e/ou consultores externos, para que os membros do Conselho de Administração tivessem acesso às informações do negócio da companhia como um todo e pudessem, dessa maneira, contribuir com a melhor tomada de decisão estratégica, incluindo tópicos econômicos, ambientais e sociais.

– Avaliação da Diretoria Estatutária: A avaliação do desempenho individual de cada diretor estatutário é realizada em atividades específicas e, também, leva em conta iniciativa, proatividade, tomada de decisões, postura profissional, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe e o alinhamento com os valores da companhia, incluindo tópicos econômicos, ambientais e sociais.